Blog do Quesada

Busca

23/01/2010

Chefe da arbitragem descarta corporativismo e perseguição ao Palmeiras

Em tempo: Corporativismo é a ação em que prevalece a defesa dos interesses ou privilégios de um setor organizado da sociedade, em detrimento do interesse público.

As reclamações pesadas de Belluzzo contra os árbitros Simon e Paulo Cesar de Oliveira colocam nas costas da cúpula palmeirense o temor de que o time sofra algum tipo de perseguição nas próximas partidas.

Marcos Marinho, que chefia a arbitragem em São Paulo garante que o Palmeiras não sofrerá retaliações por conta de críticas aos árbitros.  “Pode ficar tranqüilo, corporativismo não existe. Ao contrário, às vezes eles são muito individualistas. Nós estamos atentos às condutas. Os árbitros estão sendo vigiados constantemente”, explica o Coronel.

Resta agora observar atentamente a performance de Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza. Ele comanda Palmeiras e Ituano, neste domingo.

Por Leandro Quesada às 15h35

22/01/2010

Palmeiras teme perseguição de árbitros após críticas de Belluzzo

Nos bastidores do clube, o presidente do Palmeiras é criticado pela postura mais áspera contra os homens do apito.

Mesmo suspenso por nove meses, Belluzzo não deixa escapar a chance de bater nas arbitragens.

No ano passado foram declarações pesadas contra o gaúcho Simon que prejudicou o Palmeiras ao invalidar o gol de Obina.

Agora o alvo é outro árbitro: Paulo Cesar de Oliveira.

Belluzzo tem razão nas duas situações mas o verbo mais duro contra Simon e PC pode provocar uma reação corporativista da classe de árbitros. 

O temor é de que o time seja perseguido e prejudicado.

O staff jurídico do verdão tenta reduzir a suspensão de Belluzzo mas leva um golpe forte na hora de preparar a defesa por causa da intempestividade do professor.

Por Leandro Quesada às 18h58

21/01/2010

Ronaldo, o fenômeno de 10 milhões

O acerto publicitário com o Corinthians renderá o valor citado (em reais) ao legendário atacante.

Justo.

Com Ronaldo, o timão teve os maiores acordos de publicidade da história do futebol brasileiro e, por isso, uma boa parte da grana vai para o bolso dele. 

Outra fatia gorda em dinheiro que Ronaldo ganha do clube está no quesito salário. “Ronaldo é nosso sócio”, afirma o presidente Andrés Sanches. 

A geração de riquezas acontece quando duas marcas fortes se unem, se ajudam e se completam. Um casamento perfeito e lucrativo. 

Apenas Ronaldo tem esse tipo de relação comercial com o Corinthians. 

Já Roberto Carlos - respondendo aos internautas - recebe “apenas” o salário. 

Por Leandro Quesada às 18h22

20/01/2010

Uma camisa de inacreditáveis 45 milhões de reais

Esqueça tudo que você ouviu e leu nos últimos dias sobre o real valor do patrocínio fechado pelo Corinthians. 

Sem contar a empresa que estará no espaço do calção, o clube do pq. São Jorge já garantiu pelo menos 45 milhões de reais (por ano) do patrocinador que estampará as marcas que domina em todos os lugares possíveis da malha alvinegra. 

A quantia milionária coloca o contrato firmado entre a empresa Hypermarcas e o Corinthians na condição de quinto maior da atualidade, envolvendo clubes de futebol do planeta. É superado apenas pelas parcerias que grandes clubes do velho continente assinaram com empresas, casos de Real Madrid (R$ 63,5), Bayern Munique (R$ 63,5), Liverpool (R$ 57,2) e Manchester United (R$ 54,7). 

O Corinthians ainda poderá colocar nos cofres a premiação da Copa Libertadores (R$ 12 milhões acumulados para o campeão) e a receita com os direitos de transmissão de jogos da TV (algo em torno de 35 milhões da nossa moeda). E tem mais: 40 milhões de reais de bilheteria e o prêmio em dinheiro para disputar o mundial de clubes, caso chegue ao torneio da FIFA, nos Emirados Árabes (cerca de 10 milhões de reais para o primeiro colocado). 

É dinheiro que não acaba mais. 

Assim fica mais fácil entender como um clube brasileiro consegue ter Ronaldo e Roberto Carlos no elenco, no ano do centenário, o mais esperado da história do Timão.

Por Leandro Quesada às 11h35

19/01/2010

Mais um no time do esporte da UOL

Olá! amigos.

A primeira postagem é para avisar que a partir desta quarta-feira estarei aqui no blogdoquesada.

Me acompanhem.

Até mais...

Por Leandro Quesada às 20h36

Sobre o autor

Repórter e apresentador da rádio e TV Bandeirantes desde 1995, Leandro Quesada cobre os principais eventos da emissora. São 3 Copas do Mundo (1998, 2002 e 2006, além de coberturas jornalísticas de Campeonatos Brasileiros, Copas do Brasil, Estaduais, Libertadores, Mundiais de Clubes, Liga dos Campeões, eliminatórias da Copa, amistosos da seleção, Copa América, entre outros. Na Rádio Bandeirantes, é repórter e também apresentador do programa Esporte em Debate desde 1999. Na TV, é um dos comentaristas do Jogo Aberto, programa da Band, comandado por Renata Fan. Em 2002, ganhou o prêmio de melhor repórter esportivo dado pela Aceesp - Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo. O jornalista ainda foi um dos informantes da CPI CBF-Nike - que investigou o submundo do futebol brasileiro.

Sobre o blog

Paulistano nascido no bairro histórico do Ipiranga, criado na República da zona leste da capital, torcedor do Juventus da Mooca, Quesada trará matérias especiais e notícias exclusivas dos bastidores do futebol.