Blog do Quesada

Busca

30/07/2010

Ronaldinho: um sonho possível

Depois dos retornos de Ronaldo, Adriano e Roberto Carlos, não é nada impossível pensar na vinda de um dos maiores jogadores do planeta.

Eu sempre achei que o Palmeiras deveria sonhar alto. Um sonho que custa milhões mas que um plano que já existe pode transformá-lo em realidade.

O empresário Delcir Sonda revelou uma conversa com o vice palmeirense Gilberto Cipullo e Felipão sobre a tentativa de levantar o dinheiro para concretizar o negócio.

O técnico admitiu o contato e ao mesmo tempo desconversou ao dizer que além do nome de Ronaldinho Gaúcho outros 17 foram comentados.

A transação é complexa por três motivos: captar milhões de euros, brecar a resistência do dono do Milan Silvio Berlusconi e convencer Ronaldinho de que vale muito a pena voltar ao futebol brasileiro.

Eu não acho impossível, ao contrário do presidente Belluzzo, a volta do pentacampeão. Se Ronaldo, Roberto e Adriano retornaram, Ronaldinho também pode seguir o mesmo caminho.

Por Leandro Quesada às 21h40

Felipe x Timão: rusga é maior

Nas últimas horas, a pequena possibilidade de um acordo entre as partes para o retorno do goleiro praticamente se encerrou.

Na próxima quarta-feira, Felipe concede entrevista para explicar a situação complicada em que se enfiou após a transferência fracassada para o Genoa. Ele promete explicar os problemas com o clube e rebater as mentiras que está ouvindo.

Uma pessoa da cúpula corintiana entende que a relação tão desgastada virou um ponto complicador. Só mesmo um fato novo para que Felipe volte ao time principal. O presidente do Corinthians até aceitaria a reintegração mas gente da diretoria de futebol e de outras áreas próximas não querem mais Felipe no Pq. São Jorge.

Por Leandro Quesada às 21h03

29/07/2010

Chance de consenso entre Timão e Felipe...

Na conversa rápida por telefone com o goleiro corintiano eu fiquei com a impressão que ele topa negociar a reintegração ao time do Corinthians.

Afastado desde a frustrada transferência para a Itália, Felipe treina separado do resto do elenco e resolveu acionar o sindicato dos atletas profissionais alegando assédio moral contra o clube.

Andrés Sanchez abriu a possibilidade de se resolver a situação com o retorno do goleiro aos trabalhos com os outros jogadores.

Por Leandro Quesada às 21h19

28/07/2010

Inter vs SP, um jogo e um conceito

Em campo hoje no Beira-Rio, mais do que um grande jogo, um conceito de administrar o futebol será visto. Os rivais são dois dos mais organizados clubes do futebol brasileiro. O planejamento e a estrutura adotados tiveram reflexo direto dentro de campo.

Nos últimos anos eles se organizaram ainda mais, melhoram os estádios, deram mais atenção aos torcedores, investiram no marketing, trouxeram patrocinadores e montaram bons times. Assim ganharam títulos importantes. O Inter conquistou a Libertadores e o Mundial de clubes. O São Paulo também levou as duas competições e ainda foi tricampeão brasileiro.

Inter e SP provam que não há segredo para ter sucesso no futebol. Algo que muitos outros clubes do futebol brasileiro ainda não descobriram.

Por Leandro Quesada às 12h58

27/07/2010

Valdivia, o homem de 14 milhões de euros

Uma das mais longas novelas do futebol brasileiro teve o desfecho na noite desta segunda-feira. O craque chileno reforçará o Palmeiras nos próximos cinco anos.

A negociação que andava emperrada foi resolvida com a intervenção de um agente Fifa. Giuseppe Dioguardi já havia encerrado outro embróglio, o do atacante Kléber, reforço peso-pesado adquirido pelo time Palestra.

No caso Valdivia, Dioguardi foi convocado a vistar a bela Santiago pelo meio-campista chileno para orientar o pai do jogador na transação. Deu certo. A partir da entrada do empresário nas conversações, a situação do atleta não era mais vista pelo Palmeiras como um problema. Então, as atenções e forças foram direcionadas para a outra ponta do negócio, o Al Ain dos Emirados Árabes.

O agente minimiza a importância dele na transferência e garante que foi ¨ao Chile a pedido de Valdivia para resolver uns pequenos detalhes¨, mas um membro da diretoria confirma ¨que o negócio só saiu graças a participação¨ de Dioguardi, o elo entre o clube e o craque.

O Al Ain recebe 6,250 milhões de euros no negócio. Valdívia ganhará entre luvas e salários a astronômica quantia de 8 milhões de euros por cinco anos de contrato.

Por Leandro Quesada às 01h00

25/07/2010

A Ferrari está vermelha de vergonha

Que saudade da disputa verdadeira da F1 quando o resultado não era definido por uma ordem vinda dos boxes, pelo rádio.

Que saudade da época em que havia uma briga pelas melhores volta, estratégia e piloto, pela troca mais rápida de pneus. Disputa de verdade de uma escuderia contra outra e mais, dentro da própria equipe. Lembram de Senna vs Prost, Piquet x Mansell ?

Senna trabalhava para ele, Prost queria sempre vencer, idem para o grande Nelson e o inglês Nigel.

Alguém pode explicar que tipo de esporte é este em que um tem a obrigação de deixar o outro ultrapassar ou ganhar ? Que tipo de piloto é aquele que aceita tal submissão ? Que graça tem tudo isso ? Sinceramente, uma vergonha!

O episódio Massa-Alonso mancha o histórico nome da Ferrari, arranha o glamour criado pela marca ao longo dos anos, sem falar no respeito pela competitividade esportiva que coloca em dúvida se a F1 deve ser chamada de esporte ou apenas mesmo de ¨circo¨, onde tudo é encenação. A construtura italiana já havia se envolvido na preferência pelo queridinho Schumacher, preterindo Barrichello durante anos e insiste no modelo.

Que a Ferrari fique um pouco mais vermelha, de vergonha, e admita fazer um esporte de verdade.

Por Leandro Quesada às 17h38

Sobre o autor

Repórter e apresentador da rádio e TV Bandeirantes desde 1995, Leandro Quesada cobre os principais eventos da emissora. São 3 Copas do Mundo (1998, 2002 e 2006, além de coberturas jornalísticas de Campeonatos Brasileiros, Copas do Brasil, Estaduais, Libertadores, Mundiais de Clubes, Liga dos Campeões, eliminatórias da Copa, amistosos da seleção, Copa América, entre outros. Na Rádio Bandeirantes, é repórter e também apresentador do programa Esporte em Debate desde 1999. Na TV, é um dos comentaristas do Jogo Aberto, programa da Band, comandado por Renata Fan. Em 2002, ganhou o prêmio de melhor repórter esportivo dado pela Aceesp - Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo. O jornalista ainda foi um dos informantes da CPI CBF-Nike - que investigou o submundo do futebol brasileiro.

Sobre o blog

Paulistano nascido no bairro histórico do Ipiranga, criado na República da zona leste da capital, torcedor do Juventus da Mooca, Quesada trará matérias especiais e notícias exclusivas dos bastidores do futebol.