Blog do Quesada

Busca

03/09/2010

Atlético-MG: Kalil defende ¨cascudos¨ em baladeiros

O presidente do galo, Alexandre Kalil apoia o disque-denúncia criado por torcedores do time com a intenção de acompanhar as noitadas dos jogadores.

¨O momento não é para sair. O atleta que for visto na noite, deve levar uns cascudos. Eu também tenho vergonha de sair de casa¨, reclamou o mandatário atleticano.

Durante entrevista ao Esporte em Debate da Rádio Bandeirantes Kalil garantiu que o Atlético-MG ¨paga em dia os salários e direitos de imagem, mais um motivo para não ser rebaixado¨.

O trabalho de Luxemburgo tem o apoio do presidente para ¨afastar qualquer atleta do time¨ se necessário com a ressalva de que ¨o técnico pediu os jogadores que queria¨ e o clube acatou os pedidos de contratação.

Outra questão abordada é a financeira. Kalil reclamou do prejuízo do clube com o Mineirão fechado: ¨A estimativa alcança 8 milhões de reais a menos com as bilheterias¨.

Por Leandro Quesada às 21h29

Neymar: provocação ou irreverência?

Quem leva o ¨chapéu¨ (Marcinho) certamente encara como um ato de provocação. Já o autor (Neymar) da finta é visto como irreverente.

Não é de hoje que os craques incomodam aqueles jogadores sem talento. A história do futebol está aí para comprovar o quanto são vítimas os que receberam o dom de jogar bola com extrema qualidade e perfeição.

Pelé, Maradona, Rivellino, Zico, Romário, Ronaldo (ainda em atividade) foram os alvos das ¨botinadas¨ dos adversários ao longo das carreiras. O rei foi caçado pelos portugueses na Inglaterra, Maradona trucidado pelos sul-coreanos no México, Zico quase perdeu a perna depois da entrada maldosa de uma tal Márcio. Riva, o fenômeno e o baixinho também sofreram com as travas das chuteiras dos rivais.

Criticar Neymar pela ¨firula de moleque¨ é dar razão aos que defendem a licença para bater sem dó. É fato também que o golden boy da Vila precisa tomar cuidado para não provocar além da conta sob a pena de ser violentamente atingido por uma entrada mais hostil. Neymar deve entender a réplica que terá ao brincar com o oponente.

Por Leandro Quesada às 18h19

Dagoberto: ele voltou...

Do banco de reservas para a consagração no Morumbi, Dagoberto fez gol da vitória são-paulina e mandou por enquanto a crise embora.

O futebol é pouco justo e muitas vezes tão ingrato. Com Dagoberto foi assim: na pele de ¨bode expiatório¨ na eliminação da Libertadores, eleito o principal culpado pelo fracasso e depois de enfrentar os goianos do Atlético, o atacante, herói do jogo, se veste com outra roupa, a de salvador da pátria.

Muito comum no futebol, este tipo de comportamento evidencia que a distância entre o mocinho e o vilão é menor do que imaginamos. Um dia serve, no outro já não presta. O passado glorioso pode ser atirado na lata do lixo com um pequeno deslize e um momento mágico pode apagar todos os erros cometidos.

Por Leandro Quesada às 01h42

Olha o Santos aí, gente!

Mesmo sem Robinho, PH Ganso e André, o Santos continua ¨tocando¨ a bela campanha na atual temporada.

Dedo do técnico Dorival Júnior, um cara trabalhador e estudioso, destacado por montar e remontar um time que tem o objetivo de buscar sempre o resultado sem esquecer o prazer de jogar futebol.

O peixe vai brigar pelo título do Brasileirão.

Este moleque travesso chamado Neymar caminha para se transformar no grande jogador do Brasil nos próximos anos. Na Copa de 2014 o golden boy da Vila tem tudo para se consagrar na conquista do hexa. Até lá ele vai contribuir para o Santos ganhar o maior número de títulos.

Por Leandro Quesada às 23h52

02/09/2010

Palmeiras esquenta o BR 2010

Ironia do destino. O gol do ex-corinthiano Ewerthon além de impedir a derrota do verdão no maior do mundo que seria uma injustiça, brecou a ascensão do líder Fluminense e ajudou diretamente o clube do Pq. São Jorge na tabela de classificação.

A diferença do time de Muricy Ramalho para o Corinthians é de quatro pontos, sendo que o vice-líder tem um jogo a menos, que será disputado contra o Vasco em outubro. Logo atrás aparecem Botafogo, Internacional, Cruzeiro e Vasco. Vai pegar fogo o segundo turno, tenho certeza.

A meta palmeirense de alcançar o G4 vai ficar para o segundo turno do Brasileirão.

Para o Fluminense fica o alerta depois de três empates consecutivos no Maracanã.

Por Leandro Quesada às 12h12

01/09/2010

Corinthians: bicentenário menos sofrido

A festa da virada acabou. A partir das 19h10 desta quarta-feira, o Corinthians iniciou a trajetória rumo ao segundo centenário.

Em uma projeção mais otimista, ao contrário do que ocorreu nestes cem anos, a vida corinthiana aponta para menos sofrimento, dor e dificuldade.

A administração mais profissional do clube, com as finanças saudáveis, a captação de patrocínios milionários e a montagem de times mais fortes são os pontos fundamentais no novo cenário.

Sem contar aqui o novo centro de treinamentos - um dos melhores do Brasil - e a construção da casa própria - o novo estádio em Itaquera - vão inserir o timão em uma realidade bem diferente.

Resta saber como todo o potencial será desenvolvido.

Talvez na comemoração do bicentenário - em 2110 - a palavra sofrimento, tão identificada com atual momento, fique restrita apenas nas páginas da história dos primeiros cem anos.

Por Leandro Quesada às 20h36

31/08/2010

Com Robinho, Milan mira Champions

Um advogado brasileiro foi um dos responsáveis pela transferência de Robinho da Inglaterra para a Itália, em uma corrida contra o tempo, já que hoje é o último dia para as negociações internacionais.

¨Foi feita meia hora antes do fim da janela a pedido de Berlusconi, dono do Milan ¨, explica o dr. Beny Sendrovich, paulistano, 45 anos, especialista na área do direito desportivo, contratado pelo clube de Milão para tratar do acerto com o atacante e o pai dele.

A ida de Robinho para jogar ao lado de Ronaldinho, Pato e Ibrahimovic faz parte de um plano maior dos italianos. ¨Conversei com Berlusconi e ele quer o título da champions league¨, conta Sendrovich.

Por força contratual, o valor da negociação não pode ser divulgada. Eu apurei, no entanto, que a transação gira em torno dos 20 milhões de euros. O contrato foi firmado por quatro temporadas.

Por Leandro Quesada às 14h50

30/08/2010

Estádios do Palmeiras e Corinthians na Copa

Não descartem a ideia da cidade de São Paulo emplacar duas arenas no mundial de futebol em 2014.

Uma possibilidade totalmente viável se levarmos em consideração as dificuldades de algumas sedes em iniciar a construção dos estádios e apresentar as facilidades exigidas pela FIFA para organizar o grande evento do futebol no Brasil.

Se Joanesburgo apresentou dois palcos na última Copa – Soccer City e Ellis Park – a maior capital da América Latina tem capacidade para contribuir da mesma forma.

Os governos municipal, estadual e federal discutem o projeto caso seja necessário salvar alguma cidade-sede que não consiga cumprir com as obrigações.

O novo Palestra Itália teria jogos da primeira fase, oitavas e quartas. Já o ¨Corinthião¨ receberia a abertura e todas as outras etapas até a semifinal.

A infraestrutura (rede hoteleira, aeroportos, transportes) para captar as necessidades dos turistas, torcedores e jornalistas é um trunfo para a capital econômica do país ter a maioria dos jogos da Copa 2014.

Por Leandro Quesada às 19h08

29/08/2010

Palmeiras afunda ¨galo¨ e mira G4

Diante de todos os tropeços, o verdão ainda pode se dar por satisfeito, já que apenas quatro pontos o separam do grupo dos quatro primeiros colocados do Brasileirão.

O crescimento da equipe de Felipão demora para acontecer por vários motivos que logo estarão solucionados, creio. Os salários ¨em dia¨, o tempo de trabalho maior para Felipão melhorar o nível da equipe e a sequência do trio Valdívia-Kléber-Lincoln serão vitais para o Palestra de evoluir.

Inexplicável é a condição atual do Atlético-MG com um dos melhores técnicos do Brasil e elenco de qualidade. A 18° posição com onze derrotas acumuladas é uma vergonha para o gigante de Minas Gerais.

Por Leandro Quesada às 21h24

Outra vez Rogériooooo...

O tricolor parou o líder e deu mostras de que é possível afastar a crise. Também mostrou que tem elenco para se recuperar depois da eliminação da Libertadores, responsável por afundar o time em uma fase terrível.

Ao impedir a vitória do Flu de Muricy Ramalho, o clube do Morumbi levanta um pouco a auto-estima e ajuda a esquentar o Brasileirão.

Já os cariocas continuam fortíssimos candidatos ao título.

Menção ¨pra lᨠde honrosa a Rogério Ceni, autor de um gol e de defesa de pênalti cobrado por Washington.

Por Leandro Quesada às 20h59

Silas: boa ação do Fla

O ótimo Silas comandará o Flamengo a partir de agora.

Mesmo entendendo que a diretoria não deveria ter dado ouvidos aos torcedores na hora de demitir Rogério Lourenço, desta vez Zico e cia se redimiram.

Silas se tiver autonomia conseguirá erguer o time da Gávea no Brasileirão.

Por Leandro Quesada às 20h46

Ronaldo: o retorno

Nem de longe ele lembrou o fenômeno que o consagrou mas a áurea em torno de Ronaldo é impressionante.

Ao ser anunciado no placar no time titular arrancou gritos da Fiel. Depois, ao deixar o campo nos primeiros minutos para ser atendido mais gritos para o craque. E ao ser substituído aos 17 minutos da etapa final, novamente ovacionado no Pacaembu.

As quinze vezes em que foi acionado e as duas assistências que deu não importam e sim não ter sentido nenhuma contusão. Ronaldo ainda se mostra preso em campo, sem a velocidade e a astúcia mostradas no primeiro semestre de 2009, quando viveu uma boa fase no timão.

Mas valeu bastante a volta de Ronaldo se levarmos em conta os mais de 100 dias afastado, as inúmeras lesões e operações que o atormentaram. Agora depende de Ronaldo melhorar. Apenas dele.

Por Leandro Quesada às 20h35

Sobre o autor

Repórter e apresentador da rádio e TV Bandeirantes desde 1995, Leandro Quesada cobre os principais eventos da emissora. São 3 Copas do Mundo (1998, 2002 e 2006, além de coberturas jornalísticas de Campeonatos Brasileiros, Copas do Brasil, Estaduais, Libertadores, Mundiais de Clubes, Liga dos Campeões, eliminatórias da Copa, amistosos da seleção, Copa América, entre outros. Na Rádio Bandeirantes, é repórter e também apresentador do programa Esporte em Debate desde 1999. Na TV, é um dos comentaristas do Jogo Aberto, programa da Band, comandado por Renata Fan. Em 2002, ganhou o prêmio de melhor repórter esportivo dado pela Aceesp - Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo. O jornalista ainda foi um dos informantes da CPI CBF-Nike - que investigou o submundo do futebol brasileiro.

Sobre o blog

Paulistano nascido no bairro histórico do Ipiranga, criado na República da zona leste da capital, torcedor do Juventus da Mooca, Quesada trará matérias especiais e notícias exclusivas dos bastidores do futebol.