Blog do Quesada

Busca

02/10/2010

Derrapadas de Flu, Timão e Cruzeiro

Frustrante para os três que se anunciam favoritos ao título do Brasileirão. Os resultados da rodada deste sábado manteve as equipes nas mesmas posições, sem mudanças na diferença de pontos.

Para o Fluminense foi pior ainda pois deixou de ampliar para cinco pontos a vantagem sobre o Corinthians. Um empate contra o sofrível Prudente tirou dos tricolores a chance de ficar mais tranquilos na liderança.

O fator campo não foi bem utilizado pelo Timão. Um tropeço terrível para as pretensões alvinegras de conquistar o título do Brasileirão foi visto por mais de 30 mil pessoas no Pacaembu. Depois de sucessos contra o próprio Flu e o Santos fora de casa, a equipe de Adílson Batista conseguiu escorregar duas vezes seguidas dentro do estádio municipal, contra o Botafogo e Ceará, no duelo deste sábado.

O Cruzeiro também fracassou na tentativa de assumir a vice-liderança. Em Sete Lagoas outra igualdade, 0 x 0, com o Atlético-PR.

Na próxima jornada, Corinthians e Cruzeiro enfrentam, respectivamente, Atlético-MG e Goiás que estão na zona do rebaixamento. O Fluminense encara o Santos, campeão da Copa do Brasil.

Por Leandro Quesada às 21h07

01/10/2010

Idade definha o Corinthians

A idade pesa. Quem já passou dos trinta sabe que o corpo não acompanha mais os comandos da mente. Uma ingratidão do senhor tempo justamente na época em que o jogador está mais vivido. O preparo físico não acompanha.

Claro que sempre encontramos exceções. No Corinthians, Roberto Carlos e Iarley parecem jovens ainda. ¨Iarley corre mais do que muito garoto por aí¨, afirmou Alessandro, outro trintão.

O Corinthians tem uma preocupação enorme com a idade de alguns atletas. Ronaldo, William, Chicão, Danilo, Edu Gaspar, Iarley, Alessandro e Roberto Carlos passaram da casa dos trinta anos.

Destes citados estão fora, no momento, Ronaldo e Chicão. William se aposenta no fim do ano. Edu e Danilo demoraram um pouco para atingir a forma próxima do ideal. Iarley, Alessandro e Roberto Carlos tentam buscar o fôlego onde não existe. O lateral pentacampeão chegou a antecipar que não jogará ¨todas as partidas até o fim do torneio¨.

Não será fácil para o Corinthians superar, na reta decisiva do Brasileirão, o obstáculo da idade avançada dos principais jogadores do time.

Por Leandro Quesada às 12h52

30/09/2010

A verdade sobre Dorival Jr no SPFC

O São Paulo FC já namorava Dorival Júnior antes mesmo da demissão dele do Santos. A confusão envolvendo o técnico e Neymar abriu a porta para o tricolor contratá-lo mas no meio do caminho o presidente são-paulino mudou de ideia.

Juvenal Juvêncio acionou um emissário para fazer a ¨ponte¨ entre as partes. Dinheiro não era problema pois o tricolor tem capacidade financeira para investir em um profissional renomado, ultrapassando o suposto teto salarial.

Bem antes, o clube só não aceitou pagar altíssimas multas para trazer Abel Braga, Paulo Autuori e Luxemburgo.

Se para alguns clubes 300, 400, 500 reais representam fortunas, para o São Paulo a ¨bagatela¨ seria muito bem aplicada para contratar um técnico experiente que tocaria o plano para o time disputar a Libertadores 2011.

A indecisão sobre a saída ou permanência de Baresi fez Juvenal pensar duas vezes antes de definir a troca de comando. Dorival, então, virou opção para depois do Brasileirão para tocar o projeto do time em 2011.

Dorival por sua vez ficou com receio da repercussão que sofreria se assumisse, um dia depois da demissão do Santos, o cargo de treinador no tricolor do Morumbi. Muita gente insinuou que ele desafiou a hierarquia do Santos para ser demitido e ficar livre para fechar com o SPFC.

A proposta do Atlético-MG - já sem Luxemburgo – oferecia a Dorival uma excelente quantia patrocinada pelo banco BMG, investidor do futebol do galo.

Agora Juvenal, insatisfeito, mudou de ideia outra vez e busca um novo nome para o lugar do interino Baresi.

Por Leandro Quesada às 16h41

Ronaldo fora outra vez

O torcedor corinthiano deve ter paciência para vê-lo novamente em ação nos campos. O fenômeno não atuará contra os cearenses na próxima rodada do BR 2010.

Embora esteja liberado pelos médicos, Ronaldo ainda não está pronto fisicamente para voltar. O fisioterapeuta Bruno Mazzioti me revelou a informação após o empate com o Botafogo no Pacaembu. ¨Contra o Ceará sem chance. Ronaldo continua em tratamento em função de lesão na panturrilha. Na próxima semana ele volta a treinar¨, explicou o fisioterapeuta.

As seguidas lesões deixaram Ronaldo fora de vários jogos do Corinthians na temporada. Neste ano, em que ele ficou afastado por mais de cem dias, foram 19 partidas e 8 gols. A comparação com 2009 mostra quanto o maior artilheiro das Copas do Mundo era mais participativo: ele atuou em 38 jogos e marcou 23 gols.

Além de Ronaldo, Chicão dificilmente retornará ao timão no sábado. Dentinho alimenta a expectativa de retornar. O volante Ralf sofreu uma pancada no mesmo tornozelo machucado e virou dúvida.

Por Leandro Quesada às 02h26

29/09/2010

Era Palaia começa com vitória

Na estreia de Salvador Hugo Palaia no comando do clube, o Palmeiras bate o campeão da Libertadores e encosta aos poucos no G3.

É prematuro realizar uma análise mais profunda se as mudanças na presidência e na cúpula do futebol terão alguma influência positiva no desempenho da equipe a partir de agora. Muito cedo, creio.

Quase sempre problemas políticos conturbam o ambiente dos times. Não é tarefa simples não deixar que rachas de grupos adversários contaminem os resultados buscados nos campos de jogo.

O fato é que o verdão com Palaia e sem Belluzzo ganhou. Mas foi uma vitória apenas. Outras tantas são necessárias para a paz voltar ao futebol palmeirense e a equipe conquistar a vaga na Libertadores.

Por Leandro Quesada às 21h22

28/09/2010

Racha na política do verdão

O COF (Conselho de orientação e fiscalização) do Palmeiras rejeitou as contas da gestão de Luíz Gonzaga Belluzzo, por unanimidade.

Uma represália evidente à decisão de Salvador Hugo Palaia responsável pela demissão da comissão de frente do futebol palmeirense. O time de Cipullo ajudou a conduzir Belluzzo ao poder máximo da SEP.

O momento exige união diante de obstáculos financeiros que se anunciam publicamente mas politicamente não parece possível. O fato das contas terem sido reprovadas representa uma implicação enorme considerando que o clube fez empréstimos em bancos para honrar os compromissos.

As famílias palestrinas deveriam unificar os interesses pró-Palmeiras. Resta esperar para avaliar se as questões políticas terão influência dentro de campo agora que o time de Felipão pretende atingir a ascensão.

Por Leandro Quesada às 21h15

27/09/2010

França e Turquia sondam Luxa

Recém-demitido do Atlético-MG, Luxemburgo está na mira de empresários ligados a alguns times dos dois países, interessados no currículo do técnico. A partir de agora eles oferecerão os trabalhos do penta-campeão brasileiro.

À época em que dirigia o Palmeiras, Luxa foi convidado para treinar o Lyon mas recusou a proposta.

Ele está agora no Rio de Janeiro, incomunicável, curtindo os raros momentos de folga com a família.

Por Leandro Quesada às 17h16

26/09/2010

Inter esquenta Brasileirão

Um jogo inesquecível fizeram Inter e Corinthians no Beira-Rio. Jogo daqueles para marcar uma trajetória dentro de um torneio. Cinco gols, inúmeros outros desperdiçados e muita disposição transformaram o duelo em dos melhores do BR 2010.

O campeão da Libertadores da América deu uma contribuição enorme para deixar o campeonato Brasileiro mais emocionante. Ao bater o então líder Corinthians, o Internacional além de impedir que o rival alvinegro permanecesse na primeira posição, também manteve-se na briga pelo título.

Dez pontos separam o líder Fluminense de Santos e Atlético-PR que somam 38 pontos cada. Uma diferença possível de ser tirada como ocorrera em outras edições.

Por Leandro Quesada às 21h13

Galo: problema de técnico ou técnica?

O problema do Atlético-MG não é o treinador. Luxa saiu e veio Dorival Júnior. E aí? Nada mudou no quesito resultado. O galo perdeu outra vez – a 16° derrota no Brasileirão.

O time com talentosos atletas não deveria derrapar tanto. Ricardinho, Tardelli, Diego Souza e Daniel Carvalho estão distantes de apresentar a qualidade do passado.

Dorival pegou um time que mais se assemelha a uma ¨bomba¨ relógio, com hora marcada para explodir, sem que ninguém consiga desarmá-la.

Por Leandro Quesada às 21h09

Sobre o autor

Repórter e apresentador da rádio e TV Bandeirantes desde 1995, Leandro Quesada cobre os principais eventos da emissora. São 3 Copas do Mundo (1998, 2002 e 2006, além de coberturas jornalísticas de Campeonatos Brasileiros, Copas do Brasil, Estaduais, Libertadores, Mundiais de Clubes, Liga dos Campeões, eliminatórias da Copa, amistosos da seleção, Copa América, entre outros. Na Rádio Bandeirantes, é repórter e também apresentador do programa Esporte em Debate desde 1999. Na TV, é um dos comentaristas do Jogo Aberto, programa da Band, comandado por Renata Fan. Em 2002, ganhou o prêmio de melhor repórter esportivo dado pela Aceesp - Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo. O jornalista ainda foi um dos informantes da CPI CBF-Nike - que investigou o submundo do futebol brasileiro.

Sobre o blog

Paulistano nascido no bairro histórico do Ipiranga, criado na República da zona leste da capital, torcedor do Juventus da Mooca, Quesada trará matérias especiais e notícias exclusivas dos bastidores do futebol.